Hábitos e emocional

Você já se lamentou por não conseguir ser disciplinado e colocar em prática os novos hábitos que tanto deseja?
Diante do contexto atual, em que rotinas foram drasticamente alteradas, acredite, pode ser uma boa oportunidade de se dedicar com mais afinco a essa tarefa.

Mas afinal, por que é importante dominar nossos hábitos?
Porque são eles os responsáveis pelo nosso sucesso em todas as áreas da nossa vida. É por meio da disciplina em implementar bons hábitos na sua vida que irá alcançar seus objetivos.

A disciplina se adquire por um processo de condicionamento mental e o primeiro passo é se tornar consciente de sua importância, avaliando se atualmente você tem feito o esforço necessário para chegar onde almeja.

O dia a dia e a rotina pesada, muitas vezes, nos fazem seguir a vida no modo automático, dedicando tempo a atividades que não contribuem positivamente, ou postergando tarefas que precisam ser executadas. Então, é preciso fazer mudanças e modelar suas escolhas e hábitos de acordo com seus objetivos. Ser disciplinado significa assumir o controle da sua vida e manter seus planos diários independentemente da preguiça, procrastinação ou da vontade de desistir.
É extremamente simples começar a ser disciplinado.
Escolha ler o livro que está há semanas na lista de leitura, ao invés de ver Tv.
Não deixe as louças do jantar para o dia seguinte, por estar com preguiça.
Não desista de se exercitar por que tem sido difícil.
Ou seja, se precisa fazer algo faça, com ou sem vontade, faça!
No início, você pode até usar como motivador, um sistema de recompensas. Por exemplo: se tem uma tarefa que precisa fazer, mas que está procrastinando, estipule um bônus ao final da execução da mesma. “Preciso terminar este trabalho, só então depois, me darei ao luxo de ver minha série predileta”

A grande principal causa de indisciplina e desistência de novas hábitos, é querer efetuar muitas mudança de uma só vez e/ou mudanças muito drásticas.
Leva-se tempo mudar ou construir um novo hábito. É um processo gradativo, que deve ser feito de maneira consciente e que exige paciência e esforço.
Comece por ações mais fáceis, especialmente aquelas que criam algum grau de resistência interna. No caso de um novo hábito, escolha o mais simples da sua lista, aquele que você sabe que ao se esforçar irá dar conta de cumprir, pois, sempre que efetuado, irá gerar o sentimento de dever cumprido e fortalecerá sua confiança em si mesmo.
E não se esqueça, o hábito precisa ser reforçado com repetições para se tornar constante e sempre relembrado seu propósito a longo prazo. Valorizar o objetivo de estar fazendo algo, se torna menos propenso a desistências.

Quer você se dê conta ou não, sua vida é influenciada por seus hábitos, seja física ou emocionalmente. E aí, seus hábitos estão de acordo com a vida que você quer construir?

Profa. Dra. Naiara Leite – Doutora Finanças/UFMG – Professora UFC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima